Cristalomancia é o uso da bola de cristal pelo vidente com o intuito de prever o futuro. São usados cristais ou ainda apetrechos de pedras semipreciosas como peças advinhatórias. Geralmente a bola de cristal é mais usada pelos videntes e possui tamanho mediano sob uma base de madeira (empregado estrategicamente como um componente isolante).

Conforme a tradição ocultista, a bola de cristal é aplicada para antecipar eventos, um feito que ocorre ao descrever as imagens que irrompem repentinamente na superfície do cristal. Como o cristal é basicamente um condutor e amplificador de energia de alta intensidade, acabam incitando o cérebro a alcançar percepções premonitórias ou até mesmo visões do passado. Aliás, podem induzir sonhos divinatórios e revelações sobre encarnações pretéritas.

Além de prever o futuro, revelar o passado, também é capaz expôr o presente. Embora utilizada largamente pelos sacerdotes do Antigo Egito, a popularidade da bola de cristal prosperou graças à rainha Elizabeth I da Inglaterra e seu conselheiro pessoal John Dee (matemático, astrônomo, astrólogo e geógrafo, 1527/1609).

Boa parte são fabricados através do cristal de quartzo devido sua capacidade natural de amplificar e conduzir a energia. É crucial que seja transparente e impreterivelmente polida (ou seja, sem falhas que possam interferir nas interpretações). A configuração redonda do cristal favorece a fluidez dos campos energéticos, elevando assim as faculdades psíquicas do vidente.

O fato é que a capacidade advinhatória do cristal reside nas suas características inatas (ampliar e transmitir a energia) em uma combinação com a habilidade intuitiva daquele que a interpreta. Portanto, tem um profundo ingrediente intuitivo; consequentemente, a pessoa é depositária de algum nível de evolução espiritual.

Em geral, a arte de prever o futuro através da cristalomancia é exercida pela comunidade cigana. No entanto, é interessante salientar que os cristais se prestam para diversos propósitos, desde debelar doenças causadas por desequilíbrios energéticos no corpo humano até anular energias nocivas que nos cercam rotineiramente.

Artigo escrito pelo Vidente Clayton  José Clayton Donizetti Vieira  |     08/01/2017 - 23:33:42 hs.  |   Artigos metafísicos, científicos e esotéricos  23º artigo

Próximo artigo  Próximo artigo:

Medo do paranormal e do sobrenatural

Lista completa de artigos  Acessar a Lista completa de Artigos Esotéricos