Fobia do medo da morte ou apenas Tanatofobia (do grego Thánatos, morte, e phobia, medo) atinge milhões de pessoas ao redor do mundo. Casos graves geralmente impedem da pessoa sair de casa ou até mesmo preservar uma rotina. Como consultor psíquico deparei com muitos clientes com esta característica psico-emocional.

Falar ou pensar sobre a morte pode provocar ataques de pânico (conhecido como agorafobia) com manifestações de terror, sudorese, calafrios, dor no peito, debilidade física, respiração rápida e aumento do ritmo cardíaco.

Essa forma de fobia é também chamada de medo de ser enterrado, medo do desconhecido, medo de funeral, medo de sepultamento, entre outros.

De forma mais ampla, os sintomas da fobia de morrer vão desde a presença de consequências físicas, mentais e até emocionais. Falta de ar, dormência, formigamento, perda do auto-controle, medo de enlouquecer, dificuldade de diferenciar o real do imaginário, desejo de fugir, raiva, melancolia, emoções reprimidas, sentimento de culpa, pensamentos aterradores e persistentes.

Para o filósofo Jacques Choron há três formas de sentir medo da morte: medo do que vem após o falecimento (sentimento intimamente ligado a religião, ao castigo, ao tormento, a culpa, a angústia ou solidão), medo do modo como vai morrer (dor excessiva, sofrimento físico e emocional intenso, dependência de outrem, sentimento de vulnerabilidade e fragilidade) e medo do deixar de existir (ou o medo do nada).

Os tanatofóbicos são afligidos pela idéia do envelhecimento, da perda de entes queridos, de pensamentos de como será o evento da morte, do confronto com o desconhecido.

Contraditoriamente, o medo de morrer tira o ânimo e o apetite (ou vontade) de viver e faz a pessoa morrer aos poucos a cada dia. E, em geral, a tanatofobia está ligada com o não saber viver. Mahatma Gandhi (1869/1948) disse certa vez: "A felicidade não está em viver, mas em saber viver. Não vive mais o que mais vive, e sim o que melhor vive".

Na verdade, quem vive no presente e desfruta de cada minuto possuem o perfil das pessoas que não têm medo do fim carnal.

Artigo escrito pelo Vidente Clayton  José Clayton Donizetti Vieira  |     08/01/2017 - 23:42:35 hs.  |   Artigos metafísicos, científicos e esotéricos  26º artigo

Próximo artigo  Próximo artigo:

Franqueza, virtude ou defeito

Lista completa de artigos  Acessar a Lista completa de Artigos Esotéricos