O vidente - imbuído da precognição (ou tão-somente vidência) - é capaz de assimilar o conhecimento direto do futuro por meios paranormais. Muitos videntes já se sujeitaram aos testes científicos mais rigorosos. Na verdade, os relatos sobre experiências pessoais com a vidência estão presentes em todos os povos e em todas as épocas.

Sem dúvida trata-se de é um fenômeno desconcertante; se pensarmos bem, a existência da vidência parece ilógica e absurda. E que certamente nos leva a perguntar: Como algumas pessoas são capazes de ter uma consciência do futuro? Aqueles que se declaram céticos rejeitam ardentemente a existência da habilidade precognitiva do vidente. Mesmo diante dos testemunhos que se acumulam ao longo dos anos, a interpretação dos céticos é sempre a mesma: é o acaso ou só coincidência.

O fato é que uma postura cética é essencial para qualquer cientista; no entanto, uma atitude dogmática não condiz com a ciência propriamente dita.

Um caso notável envolvendo a vidência ocorreu com o naufrágio no oceano Atlântico do navio Titanic (palavra de origem inglesa e significa Titânico), transatlântico considerado indestrutível na época. O naufrágio provocou a morte de 1.523 pessoas; apenas 717 sobreviveram.

O sr. John Connon Middleton, empresário londrino, reservou passagem no Titanic em 23 de março de 1912. Porém, cerca de dez dias antes da viagem, John Connon sonhou que a embarcação flutuava com a quilha (parte de baixo do navio) virada para cima e, ao seu redor, passageiros e tripulação nadavam desesperados.

No dia seguinte, o sonho se repetiu. Uma semana antes da viagem, ele relatou o sonho à sua esposa e para alguns amigos. E decidiu cancelar a reserva. O curioso é que ele possuia documentos que comprovavam a reserva e o cancelamento da viagem. Foi então que, impressionados, a esposa e outros três amigos enviaram à Sociedade de Pesquisas Psíquicas de Londres os seus testemunhos por escrito.

As manifestações paranormais ainda inexplicáveis nos remetem àquelas sensatas palavras de William Shakespeare: "Há mais coisas entre o céu e a Terra do que supõe nossa vã filosofia."

Artigo escrito pelo Vidente Clayton  José Clayton Donizetti Vieira  |     07/01/2017 - 22:02:32 hs.  |   Artigos metafísicos, científicos e esotéricos  9º artigo

Próximo artigo  Próximo artigo:

Cartomancia, o significado das cartas do baralho comum

Lista completa de artigos  Acessar a Lista completa de Artigos Esotéricos