O sexo feminino é mais propenso a sofrer do amor doentio (sobretudo acima dos 30 anos). Trata-se de uma relação patológica de obsessão e dependência emocional e psicológica ao parceiro. O nome deste transtorno psíquico é Limerência.

São necessários algumas características de personalidade para desenvolver o amor doentio: perfil psicoemocional vulnerável, baixa autoestima, derrotismo, negativismo, ausência de confiança em si mesmo, autorejeição, além de instabilidade de humor como desânimo, cansaço, nervosismo, ansiedade, angústia, e estresse (ou stress).

A pessoa não consegue resistir a idéia de ser trocada ou rejeitada; por isso, faz qualquer coisa para agradar ao extremo de asfixiar o parceiro. Além disso, passa 95% do tempo com a mente focada no outro, pensando nele de forma obsessiva.

Consequentemente, um dos sintomas fundamentais dessa patologia é o medo intenso e compulsivo de perder o par amoroso.

Resposta escrita pelo Vidente Clayton  José Clayton Donizetti Vieira  |     27/01/2017 - 18:21:58 hs.  |   Respostas de natureza metafísica, científica e esotérica  7º resposta

Próxima pergunta  Próxima Pergunta:

O que é Paranóia?

Lista completa de perguntas  Acessar a Lista completa de Respostas